VEM PRO GOOGLE

VOCÊ ENCONTROU O QUE QUERIA? PESQUISE. Nas guias está a matéria que interessa a você.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.
GUIAS (OU ABAS): 'este blog', 'blogs interessantes', 'só direito', 'anotações', 'anotando e pesquisando', 'mais blogs'.

sábado, 9 de junho de 2012

MINISTÉRIO DA SAÚDE: QUASE METADE DOS BRASILEIROS ESTÁ ACIMA DO PESO

Pesquisa divulgada nesta terça-feira pelo Ministério da Saúde mostra que 48,5% da população brasileira está acima do peso ideal. Segundo o estudo, o percentual de gordos em 2006 era de 42,7%. No mesmo período, a proporção de obesos subiu de 11,4% para 15,8%.

O levantamento revela ainda que o sobrepeso é maior entre a população masculina. Mais da metade dos homens (52,6%) está acima do peso ideal, enquanto 44,7% das mulheres apresentam sobrepeso. 

Ainda segundo a pesquisa, o excesso de peso entre homens começa cedo: entre os que têm entre 18 e 24 anos, 29,4% já estão acima do peso. Na faixa etária entre 25 e 34 anos, 55% da população masculina apresenta excesso de peso. A porcentagem sobre para 63% na faixa etária entre 34 e 25 anos.

Já entre mulheres jovens (até 24 anos), 25,4% apresentam sobrepeso. A proporção aumenta para 39,9% entre 25 e 34 anos, e mais que dobra entre brasileiras de 45 a 54 anos (55,9).

APRENDA A CUIDAR MELHOR DOS SEUS IDOSOS

Centro de Referência do Idoso, na zona norte da capital, tem curso gratuito
Quem tem sob sua responsabilidade um idoso que requer cuidados terá a oportunidade a aprender a desenvolver essa tarefa com mais qualidade em curso a ser realizado pelo Centro de Referência do Idoso de Santana (CRI-Norte).

Nos sete encontros do curso, equipe multiprofissional abordará tópicos como: o cuidar com qualidade, prevenção de quedas, doenças mais comuns na velhice, aspectos sociais do envelhecimento, alimentação saudável para idosos dependentes, orientações sobre higiene e administração de medicamentos, estratégias para estimular a memória, como lidar com alterações de comportamento e com dificuldades de comunicação e engasgo, cuidados com o paciente de demência e situações de riscos de vida para idosos.

IAMSPE COMEMORA DIA NACIONAL DE PREVENÇÃO A DOENÇAS ALÉRGICAS E DIA MUNDIAL DE COMBATE À ASMA

Campanha promove palestras e atividades educativas
O Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe) promove dia 4 de maio uma série de atividades para comemorar o Dia Nacional de Prevenção das Doenças Alérgicas e o Dia Mundial de Combate à Asma.
A programação do evento, organizado pelo Serviço de Alergia e Imunologia do Hospital do Servidor Público Estadual de São Paulo (HSPE), inclui palestras sobre prevenção de doenças alérgicas, esclarecimentos sobre rinite e vacinas contra alergias.
O evento também oferece atividades educativas e recreativas - como escultura de balões, pintura e maquiagem - para crianças. Um plantão médico esclarece dúvidas dos interessados.
Sob a coordenação dos médicos João Ferreira de Mello e Wilson Tartuce Aun, as atividades são realizadas no saguão do 4º andar do ambulatório do HSPE, em São Paulo, parceria com a Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia (Asbai) – Regional de São Paulo.

CAMPANHA PARA INCENTIVAR LAVAGEM DAS MÃOS CONTINUA

Funcionários e pacientes do Emílio Ribas estão envolvidos na ação especial
Você sabe lavar as mãos corretamente? Ou melhor, você tem consciência da importância desse ato de higiene para evitar doenças e contaminações? O Instituto de Infectologia Emílio Ribas, em São Paulo, pegou carona no Dia Mundial de Lavagem de Mãos, celebrado em 5 de maio, e desenvolveu ações educativas visando a conscientização para esse hábito tão simples e corriqueiro.  
Desde o dia 25 de abril, o hospital está com uma programação especial que se estende até sábado, 5 de maio. As ações educativas são voltadas aos profissionais de saúde e pacientes e focam a forma correta e segura de higienizar as mãos e evitar o contágio de doenças. Por meio de folhetos, o público alvo é orientado a aplicar o sabonete com as mãos molhadas, ensaboar as palmas esfregando uma contra a outra e não esquecer de lavar o dorso. 

EMÍLIO RIBAS ALERTA PARA O RISCO DE DOENÇAS RESPIRATÓRIAS DURANTE O OUTONO

Gripes, resfriados e alergias são comuns nesta época do ano

O Instituto de Infectologia Emílio Ribas, unidade da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo referência no tratamento de doenças infectocontagiosas, na capital paulista, faz um alerta para o risco de gripes, alergias e resfriados durante o outono.

O aumento da poluição, a estiagem e as diversas alterações de temperatura durante o dia e aglomerações em lugares fechados colaboram para que o organismo seja vítima de vírus, inflamações e alergias comuns nesta época. O importante é estar atento aos sintomas e procurar ajuda profissional para tratar a patologia da maneira correta.

Segundo o infectologista Ralcyon Teixeira, do Emílio Ribas, apesar de apresentar sintomas semelhantes, o resfriado e a gripe são provocados por vírus distintos e devem receber atenções diferentes.

CRESCEM OS CASOS DE HEPATITE C EM IDOSOS ACIMA DE 60 ANOS, DIZ SAÚDE

Doença pode ficar encubada por décadas até surgirem os sintomas. Diagnóstico pode ser feito no SUS com um exame de sangue.
 O Ministério da Saúde alerta para o aumento do diagnóstico de hepatite C entre os idosos. No estado de São Paulo, esse é o tipo mais comum da doença, que pode demorar décadas para se manifestar.
 De acordo com um levantamento feito pelo ministério, em 1999, foram registrados 7 casos de hepatite C para cada 100 mil habitantes em pessoas acima de 60 anos. Já em 2010, foram 1.644 casos.
 Na maioria dos casos, a pessoa  contaminada pelo vírus só descobre quando a doença já estava em um estágio mais avançado, o que dificulta o tratamento. “As pessoas contraíram a doença há 20, 30 anos quando não havia todo esse cuidado com relação à higiene, em salões de beleza, uso de seringas, e agora a doença aparece.
 Normalmente ela complica com cirrose hepática ou como câncer de fígado”, disse o médico da Universidade Estadual Paulista (Unesp) Rodolpho Telarolli.

DIETAS DA MODA NÃO FUNCIONAM PARA PERDER PESO

Estudo feito com mais de 4.000 pessoas provou que a melhor forma de emagrecer ainda é a combinação entre exercícios e boa alimentação
 Emagrecimento: dietas populares e abuso de produtos 'diet' não adiantam, aponta estudo feito com mais de 4.000 obesos (Thinkstock)
 Praticar atividade física, comer pouca gordura e participar de programas de emagrecimento são as melhores maneiras de se perder peso. Dietas da moda, por outro lado, de nada adiantam.
 Se restava alguma dúvida quanto a isso, uma pesquisa feita com mais de 4.000 pessoas e publicada nesta terça-feira no periódico American Journal of Preventive Medicine pôs um ponto final na questão. O trabalho foi desenvolvido por pesquisadores da Faculdade de Medicina de Harvard e do Centro Médico Beth Israel Deacones, hospital ligado à universidade, nos Estados Unidos.

ITANHAÉM, MEU PARAÍSO

ITANHAÉM, MEU PARAÍSO
Caiçara por opção, itanhaense de coração. O que você precisa para ser feliz?

Quem sou eu

Minha foto

Da capital, já morei entre verde e bichos, na lida com animais e plantas: anos de injeção, espinho de ouriço, berne, parto de égua e curva de nível, viveiros, mudas, onde encontrei tempo para lecionar inglês, alfabetizar adultos e ler livros, na solidão do mato. 

Paixões se sucederam e convivem até hoje: Contabilidade, Economia, Arquitetura (IMES, MACK), a chácara e, afinal, o Direito (FDSBC, cursos e pós graduações). No Judiciário desde 2005, planto, replanto, reciclo, quebro paredes, reconstruo, estudo, escrevo e poetizo, ao som de passarinhos, que cantam nossa liberdade.

Não sou da cidade, tampouco do campo. Aprendiz, tento captar o que a vida oferece, para que o amanhã seja melhor. Um mundo melhor, sempre.

Agora em uma cidade mágica, em uma casa mágica, na qual as coisas se transformam e ganham vida; mais e mais vida. Minha cidade-praia-paraíso, Itanhaém.

Nesta casa de espaços amplos e um belo quintal, que jamais é a mesma do dia anterior, do minuto anterior (pois a natureza cuida do renovar a cada instante o viço, as cores, flores, aromas e sabores) retomei o gosto pelo verde, por releituras de espaços e coisas. Nela planto o que seja bom de comer ou de ver (ou deixo plantado o que Deus me trouxe), colho, podo, cozinho os frutos da terra, preparo conservas e invento pratos de combinações inusitadas, planejo, crio, invento, pinto e bordo... sonho. As ideias brotam como os rebentos e a vida mostra-se viva, pulsante.

Aqui, em paz, retomo o fazer miniaturas, componho terrários que encantam, mensagens de carinho representadas em pequenas e delicadas obras. 

Muito prazer! Fique à vontade, passeie um pouco: questões de Direito, português, crônicas ("causos"), jardinagem e artesanato. Uma receita, uma experiência nova, um redescobrir. 

Pergunte, comente, critique, ok? A casa é sua e seu comentário será sempre bem-vindo.

Maria da Gloria Perez Delgado Sanches

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

Arquivo do blog