VEM PRO GOOGLE

VOCÊ ENCONTROU O QUE QUERIA? PESQUISE. Nas guias está a matéria que interessa a você.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.
GUIAS (OU ABAS): 'este blog', 'blogs interessantes', 'só direito', 'anotações', 'anotando e pesquisando', 'mais blogs'.

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

PROCEDIMENTOS GERAIS EM CASO DE PRINCÍPIO DE INCÊNDIO

O que fazer em caso de incêndio. Alarme, saídas, elevador, andar, gritar, fumar, banheiros, escadas, ponto de encontro
AO OUVIR O ALARME DE INCÊNDIO:
  • Cessar qualquer atividade em curso no local de trabalho;
  • Seguir "fielmente" as determinações dos brigadistas do seu setor, sobre o abandono de área;
  • Caso esteja recebendo visita no momento da desocupação, fazer com que o visitante o acompanhe até o ponto de encontro (predefinido pela coordenação);
  • Movimentar-se rapidamente, sem correr;
  • Familiarizar-se com..(clique em "mais informações" para ler mais)

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Doença pré-existente não pressupõe má-fé do segurado que contrata seguro de vida


Turma rejeitou tese de que o segurado agiu de má-fé ao esconder a doença preexistente, negando o recurso interposto por ela contra a sentença que a condenou

A 1ª Turma Cível do TJDFT negou recurso a Bradesco Vida e Previdência S/A que se recusava a honrar com a apólice de seguro de vida de uma segurada que...

Mantida sentença que impede plano de saúde de limitar tratamento

O plano de saúde deverá custear as sessões de psicoterapia da autora, portadora de depressão, além do limite de 12 por ano

A 7ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo manteve sentença da Comarca de Santo André que determinou a uma operadora de planos de saúde o oferecimento de...

terça-feira, 23 de outubro de 2012

TJSP determina que plano de saúde pague exame indicado por médico não credenciado


Relator do recurso reformou a sentença, determinando que a operadora pagasse pelo exame, não incluído o valor dos honorários do médico não credenciado

Decisão da 2ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo determinou a uma operadora de planos de saúde o custeio de um procedimento cirúrgico realizado em

terça-feira, 16 de outubro de 2012

Inadimplência de 60 dias autoriza rescisão contratual


O não pagamento da mensalidade por período superior a 60 dias, consecutivos ou não nos últimos 12 meses de vigência do contrato, e a comprovação da notificação até o quinquagésimo dia de inadimplência, autorizam a rescisão contratual unilateral, no caso de plano de saúde. O entendimento é da 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, que asseverou a possibilidade jurídica da rescisão unilateral do contrato, com base na

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Seguradora deve indenizar por ter negado inclusão de cliente obeso


Câmara concedeu indenização por danos morais no valor de R$ 10 mil reais a um homem que teve recusado o seguro contra acidentes por estar acima do peso

A 26ª Câmara de Direito Privado do TJSP julgou procedente ação que determinou a uma seguradora o pagamento de indenização por danos morais no valor de R$ 10 mil a um homem que formulou proposta de seguro de acidentes pessoais, que posteriormente foi recusada, sob o argumento de que

domingo, 26 de agosto de 2012

Os contratos de plano de saúde caracterizam-se como contrato de trato sucessivo ou de execução continuada, devendo se adequar à legislação vigente no momento da aplicação de suas condições gerais no tocante ao preço e coberturas.

Apelação nº 0000392-11.2011.8.26.0565 - São Caetano do Sul - Voto nº 21326 2
Voto nº: 21.326
1ª Instância: Processo nº: 392/2011
Aptes.: WM e outra
Apdos.: Sul América Companhia de Seguro Saúde e outro
VOTO DO RELATOR

EMENTA. PLANO DE SAÚDE. REVISÃOCONTRATUAL C.C. INDENIZAÇÃO POR DANOS MATERIAIS E MORAIS. Parcial procedência. Contrato anterior à Lei 9.656/98. Prescrição. Inocorrência - Contrato firmado no ano de 1991, mas renovável a cada ano (trato sucessivo) - Cláusula que prevê aumento em razão de mudança de faixa etária. Reajustes (em número de sete) que ultrapassam o percentual de 100%. Abusividade. Embora exista previsão contratual para reajustes por mudança de faixa etária, o percentual a ser praticado não consta de maneira expressa no contrato. Reajuste que, segundo o contrato, dar-se-á de acordo com tabela de prêmios (expressa em US Unidade de Serviço). Evidente caráter potestativo, além da difícil compreensão ao segurado – Aumentos praticados que afrontam a regra do artigo 51, IV e X, do CDC. Percentual de reajuste abusivo e em desacordo com as normas da ANS (Resolução Normativa CONSU63) - Afastamento dos reajustes praticados pela ré. Precedentes desta Câmara, envolvendo contratos idênticos. Danos materiais que, por seu turno, não restaram comprovados. Contratação de profissional para o ajuizamento da ação não se traduz em dano material indenizável - Indenização por danos morais. Descabimento. Aumentos praticados pela ré que, embora abusivos, decorreram da aplicação do contrato. Conduta da ré que não enseja reparação a esse título. Sentença mantida. Recursos improvidos.

Para que o plano de saúde se obrigue à realização de implante de prótese mamária, no caso de tratamento de obesidade há a necessidade de exame pericial, para que se caracterize a cirurgia – estética ou reparadora.

Apelação nº 0133683-47.2011.8.26.0100 - São Paulo
VOTO Nº 12/5618
Apelação Nº 0133683-47.2011.8.26.0100
Comarca: São Paulo
Juiz(a) de 1ª Instância: Rogério Marrone de Castro Sampaio
Apelante: Omint Serviços de Saúde Ltda.
Apelado: Andrea Lucia de Melo Blau

PLANO DE SAÚDE. Obrigação de fazer e indenização por dano moral - Prótese mamaria - Alegação da autora de previsão contratual, porque reparadora; a ré argumenta ser a cirurgia meramente estética, sem previsão no contrato. Sentenciamento no estado da lide - Preliminar de cerceamento de defesa acolhida - Questão de fato e de direito a demandar dilação probatória - Recurso provido para esse fim - Sentença cassada.

domingo, 22 de julho de 2012

PESSOAS DESAPARECIDAS: O QUE FAZER? A QUEM COMUNICAR?

É comum a veiculação de e-mails divulgando o desaparecimento de pessoas. Entretanto, a difusão de tal prática é inócua, pois não traz benefícios a ninguém, apesar da boa vontade dos internautas. Contatada a família do "desaparecido", temos a ciência do engodo.
Nos diversas Unidades da Federação as Secretarias da Segurança Pública divulgam uma série de informações para que sejam evitados desaparecimentos e o que fazer quando encontramos crianças ou adolescentes nessa situação.
Também são divulgadas técnicas que visam evitar o perdimento de pessoas da família.


Em São Paulo, comemora-se o dia 25 de maio como o Dia Estadual das Pessoas Desaparecidas. Neste Estado, o material pode ser acessado no endereço http://www.policiacivil.sp.gov.br/programa/.
Aqui foi criado, com o apoio de diversos órgãos públicos e entidades civis, o Programa São Paulo em Busca das Crianças e Adolescentes Desaparecidos, que prevê um conjunto de ações voltadas para a prevenção e localização de crianças e adolescentes desaparecidos no Estado de São Paulo.
A Secretaria da Segurança Pública implantou um sistema computadorizado de envelhecimento de imagens, que será aperfeiçoado com recursos de 3D e permitirá simular a aparência atual de pessoas desaparecidas há algum tempo.
Quanto às parcerias com ONGs e entidades civis, temos o exemplo do Projeto Caminho de Volta, da Universidade de São Paulo, que se utiliza de tecnologia de ponta e um banco de DNA, para a identificação de pessoas desaparecidas. 

segunda-feira, 16 de julho de 2012

COMO DENUNCIAR O PLANO DE SAÚDE QUE NÃO CUMPRIR O PRAZO MÁXIMO PREVISTO

Saiba como denunciar seu plano de saúde

Cliente deve procurar operadora para obter alternativa de tratamento se o prazo máximo for desobedecido e, se ainda assim o problema não for solucionado, pode fazer uma denúncia à ANS


Estadão.com.br
SÃO PAULO - O cliente de plano de saúde que não for atendido dentro do prazo máximo previsto deve procurar a operadora para tentar obter uma alternativa ao tratamento solicitado, segundo a associação de defesa do consumidor Proteste. Neste contato é importante anotar o número de protocolo do atendimento, o que comprovará a solicitação. Nesta terça-feira, a Agência Nacional de Saúde (ANS) decidiu nesta terça-feira, 10, suspender a venda de 268 planos de saúde comercializados por 37 operadoras. O desrespeito aos prazos máximos de atendimento aos usuários motivou a decisão do órgão.
Caso a operadora não solucione o caso, o consumidor deve fazer uma denúncia à ANS, por meio de um um dos canais de atendimento do órgão: Disque ANS (0800 701 9656), Central de Relacionamento no site da Agência (www.ans.gov.br) ou ainda, presencialmente, em um dos 12 Núcleos da ANS nas principais capitais brasileiras (Veja os endereços: http://www.ans.gov.br/index.php/aans/nossos-enderecos).
"A ANS está proibindo que esses planos possam ser vendidos enquanto a operadora não prestar atendimento adequado àqueles que já os possuem. Não prejudica o beneficiário, pelo contrário, protege essas pessoas", disse o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

quarta-feira, 11 de julho de 2012

SOBRE LOUÇAS DE BANHEIRO E A AULA DE ENFERMAGEM

imagem: http://www.forumdaconstrucao.com.br/materias/imagens/00426_01.jpg


Fiz uma filha, Stéphanie (Fanny, Stef ou Fanie, como gosta de ser chamada). Com o casamento, ganhei outras três meninas, que já moraram comigo: Kátia (de Katherine), Karen e Caroline. Hoje, todas adultas, vivem conosco, ainda, a Kátia e a Carol.
Bem, a Kátia (que é um amor, um doce) estuda Enfermagem.
Hoje, limpando os dentes com o fio dental, afirmou: "Isto é errado".
???
"A louça do banheiro deve ser branca - ou clara".
Segundo sua professora, pia e vaso sanitários devem ser claros, por medida preventiva.
Como saber quando uma gengiva começa a sangrar?
Quando a urina está escura?
Qual a cor da urina?

terça-feira, 10 de julho de 2012

NOVA MEDIDA DE COMBATE À DENGUE


imagem: http://www.casacivil.ma.gov.br/site/images/stories/dengue.jpg
A professora orienta as crianças sobre medidas de prevenção no combate à dengue: não deixar água parada em vidros, potes, pratos e vasos de plantas, garrafas, pneus, latas ou panelas, calhas de telhados, folhas, tocos e bambus, buracos de árvores ou qualquer outro local que possa armazenar água de chuva. Explica como guardar o lixo e a cobrir os pratos dos vasos com areia. 
Entre as informações transmitidas, a da utilização de água sanitária dissolvida em água corrente, eficiente para a eliminação das larvas do mosquito transmissor.

Em casa a menina, aplicada, segue à risca o aprendido e informa à mãe que borrifou todas as plantinhas com água sanitária.
- De onde você pegou a água sanitária?
- Do banheiro, ora! 
Água do vaso sanitário: se não explicada a procedência do líquido, tem lá a sua lógica.
Haja água sanitária, pois a pequena mora em uma chácara!


Em tempo: Pesquisadoras da Universidade Estadual Paulista (Unesp) de São José do Rio Preto, no Estado de São Paulo, descobriram que a cafeína é tem grande eficácia contra o desenvolvimento da larva do mosquito Aedes aegypti. Quanto maior a concentração de cafeína na água parada, menor o tempo de vida das larvas.
Foi registrada uma taxa de mortalidade de 100%, sendo que nenhuma das larvas conseguiu chegar ao último estágio de desenvolvimento.
O mesmo resultado foi obtido com borra de café mediante a mistura de quatro colheres de sopa de borra em cada copo d'água.
Inseticida natural, a borra de café não agride a natureza, pois é inofensivo ao ser humano, assim como aos animais e plantas.
Contra a aplicação de inseticidas comuns existe a toxicidade e a resistência que os insetos adquirem ao longo do tempo. São recomendados, além da borra de café, sal de cozinha e água sanitária

domingo, 1 de julho de 2012

MÓDULO II – PRONTO SOCORRISMO

BRIGADA DE INCÊNDIO E SOCORRISMO
"VOCÊ SABERIA COMO PROCEDER?"
MÓDULO II – PRONTO SOCORRISMO
PARTE A - RISCO MÉDIO


PARTE I - DEFINIÇÃO
Pronto socorrismo é o atendimento imediato e provisório dado a uma vítima de acidente ou enfermidade imprevista, por qualquer pessoa, fora do ambiente hospitalar, desde que treinada.
Geralmente se presta no local do acidente, até que se possa colocar a vítima aos cuidados médicos.
Objetivos - Diminuir a dor, evitar o agravamento das lesões e a morte da vítima.

PARTE II - ANÁLISE PRIMÁRIA
É uma avaliação que se realiza sempre que a vítima está inconsciente, sendo necessário se checar as condições que colocam em risco iminente a vida do paciente.
Passos para a realização da análise primária: os eventuais problemas devem ser observados pela ordem e importância:
a) estabilizar a coluna cervical manualmente, verificar responsividade e desobstruir as vias aéreas;
b) verificar a respiração;
c) verificar grandes hemorragias.

PARTE XIV -VENTILAÇÃO

BRIGADA DE INCÊNDIO E SOCORRISMO
“COM FOGO NÃO SE BRINCA”
MÓDULO I – PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIOS
PARTE XIV - VENTILAÇÃO


No combate a incêndios é a remoção de gases, fumaça e vapores quentes de um local confinado, trocando os produtos da combustão por ar fresco, facilitando a ação no ambiente sinistrado.
Temos dois tipos de ventilação: natural e forçada.


VENTILAÇÃO NATURAL: É a utilização do fluxo normal de ar, com a finalidade de ventilar o ambiente. Abrem-se as portas, janelas, fazem-se aberturas em paredes, telhados e clarabóias. Retiram-se na ventilação natural as obstruções que não permitem o fluxo normal dos produtos da combustão.


VENTILAÇÃO FORÇADA: É um sistema utilizado para retirar produtos da combustão, em ambientes onde não foi possível estabelecer os fluxos naturais de ar, utilizando-se equipamentos e outros métodos. A ventilação divide-se em horizontal e vertical.

PARTE XI - EQUIPAMENTOS DE COMBATE A INCÊNDIOS. PARTE XII - EQUIPAMENTOS DE DETECÇÃO, ALARME E ILUMINAÇÃO. PARTE XIII - EXERCÍCIO SIMULADO DE PLANO DE ABANDONO

BRIGADA DE INCÊNDIO E SOCORRISMO
“COM FOGO NÃO SE BRINCA”
MÓDULO I – PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIOS
PARTE XI - EQUIPAMENTOS DE COMBATE A INCÊNDIOS


Os equipamentos de combate a incêndios são classificados como: portáteis (extintores portáteis); sobre rodas (carretas); sistemas fixos (hidrantes, sprinklers, sistemas de espuma, sistemas de CO2, etc.)


EXTINTORES PORTÁTEIS
São aparelhos destinados a combater princípios de incêndios, bastando somente uma pessoa para sua operação. Tais aparelhos devem ser testados sempre voltados para o chão.


EXTINTOR DE ÁGUA (pressurizado)
Capacidade: 10 litros
Alcance do jato: 10 metros - portanto, não é preciso ficar ao lado do fogo
Pressão de trabalho: 14,5 kgf/cm2
Princípio de Operação: a pressão interna faz o arrastamento da água quando o gatilho é acionado.
O rótulo, na embalagem, indica qual é o agente expelente.
Tempo de descarga: 60 segundos
Aplicação: princípio de incêndio classe A

quarta-feira, 27 de junho de 2012

PARTE IX - MÉTODOS DE EXTINÇÃO E PARTE X - AGENTES EXTINTORES

BRIGADA DE INCÊNDIO E SOCORRISMO
“COM FOGO NÃO SE BRINCA”
MÓDULO I – PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIOS
PARTE IX - MÉTODOS DE EXTINÇÃO


Uma vez conhecidos os elementos essenciais ao fogo, isto é, sabendo-se que para ocorrer o fenômeno da combustão deveremos ter: combustível, comburente (oxigênio) e calor, podemos concluir que para a extinção de tal combustão devemos agir diretamente contra esses elementos. A tais procedimentos chamamos Métodos de Extinção, a saber:


A) RETIRADA DO MATERIAL OU ISOLAMENTO, REMOÇÃO OU CORTE DO SUPRIMENTO DE COMBUSTÍVEL
Tal processo consiste no controle de combustível, isto é, na retirada, diminuição ou interrupção do campo de propagação do calor.

segunda-feira, 25 de junho de 2012

O FRIO AJUDA A EMAGRECER



imagem: http://www.informacaonutricional.blog.br/wp-content/uploads/2010/01/exercicios-para-perder-peso.jpg


As temperaturas mais frias do inverno elevam as taxas de metabolismo do nosso corpo. Trabalhando mais, queima por consequência energia mais rapidamente.

Também é mais fácil praticar exercícios físicos no tempo frio, porque o calor não é um obstáculo. Daí, nos cansamos menos.

PARTE VIII - PREVENÇÃO DE INCÊNDIOS

BRIGADA DE INCÊNDIO E SOCORRISMO
“COM FOGO NÃO SE BRINCA”
MÓDULO I – PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIOS
PARTE VIII - PREVENÇÃO DE INCÊNDIOS

Existe um conhecido jargão que diz: "O incêndio só acontece onde a prevenção falha". Todo cidadão deve se preocupar com medidas que possam prevenir incêndios e/ou facilitar seu combate, na empresa onde trabalha e também em sua residência. Dentre essas medidas pode-se citar as condições de segurança dos estoques, os cuidados no armazenamento dos materiais combustíveis e inflamáveis, a manutenção periódica das redes e equipamentos elétricos, manutenção constante dos extintores portáteis, sobre rodas e dos sistemas fixos de combate a incêndios.

MEDIDAS DE PREVENÇÃO:

INFLAMÁVEIS - Muitos incêndios têm sido provocados pelo uso indevido de líquidos inflamáveis. Tais líquidos se evaporam rapidamente quando os recipientes em que são guardados ficam abertos por algum tempo. Tenha muito cuidado com eles. Armazene-os, se necessário, em pequenas quantidades, em recipientes fechados, se possível em armários de aço e longe do alcance das crianças.

PARTE VII - CLASSES DE INCÊNDIOS

BRIGADA DE INCÊNDIO E SOCORRISMO
“COM FOGO NÃO SE BRINCA”
MÓDULO I – PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIOS
PARTE VII - CLASSES DE INCÊNDIOS


Para facilitar os estudos de prevenção e combate a incêndios, convencionou-se adotar uma classificação, em cinco tipos distintos: A, B, C, D e E.


CLASSE A
Abrange em geral todos os combustíveis sólidos comuns que ao se queimarem na superfície e profundidade deixam resíduos ao final do processo de queima. Exemplos: madeira, papel, tecidos, espuma, borracha, etc.


CLASSE B
Abrange todos os materiais combustíveis líquidos e os gases inflamáveis. Queimam somente na superfície e não deixam resíduos. Exemplos: gasolina, diesel, graxa, álcool, querosene, GLP, acetileno, gás natural, etc.

domingo, 17 de junho de 2012

ESTUPROS - MENSAGEM DA POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

UM GRUPO DE ESTUPRADORES NA PRISÃO FOI ENTREVISTADO PARA SABER O QUE ELES PROCURAVAM EM UMA VÍTIMA EM POTENCIAL.

EIS ALGUNS FATOS INTERESSANTES:

1) A PRIMEIRA COISA QUE ELES OLHAM PARA UMA VÍTIMA EM POTENCIAL É O PENTEADO.

É MAIS PROVÁVEL QUE ELES ATAQUEM UMA MULHER COM RABO-DE-CAVALO, COQUE, TRANÇA OU
QUALQUER OUTRO PENTEADO QUE SEJA POSSÍVEL PUXAR MAIS FACILMENTE.

É PROVÁVEL TAMBÉM QUE ATAQUEM MULHERES COM CABELOS LONGOS.

quarta-feira, 13 de junho de 2012

PARTE VI – INCÊNDIOS EM LÍQUIDO INFLAMÁVEIS

BRIGADA DE INCÊNDIO E SOCORRISMO
“COM FOGO NÃO SE BRINCA”
MÓDULO I – PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIOS
PARTE VI – INCÊNDIOS EM LÍQUIDO INFLAMÁVEIS
a) 'BLEVE" - Boiling Liquid Expanding Vapor Explosion
Um fenômeno que pode ocorrer em recipiente com líquidos inflamáveis, trazendo consequências danosas, é o breve (Boiling Liquid Expanding Vapor Explosion). 
Quando um recipiente contendo líquido sob pressão tem suas paredes expostas diretamente às chamas, a pressão interna aumenta (em virtude da expansão do gás exposto à ação do calor), tendo como resultado a queda de resistência das paredes do recipiente. Isto pode resultar no rompimento ou no surgimento de fissura. Em ambos os casos, todo o conteúdo irá vaporizar-se e sair instantaneamente. Essa súbita expansão é uma explosão.
No caso de líquidos inflamáveis, formar-se á uma grande "bola de fogo", com enorme irradiação de calor.
O maior perigo do bleve é o arremesso de pedaços do recipiente em todas as direções, com grande deslocamento de ar. Para se evitar o bleve é necessário resfriar exaustivamente os recipientes que estejam sendo aquecidos por exposição direta ao fogo ou por calor irradiado. Este resfriamento deve ser preferencialmente com jato d'água em forma de neblina.

PARTE V – FASES DO FOGO

BRIGADA DE INCÊNDIO E SOCORRISMO
“COM FOGO NÃO SE BRINCA”
MÓDULO I – PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIOS
PARTE V – FASES DO FOGO


























imagem: explosão.jpg. globalnetbrasil.com.br
a) FASE INICIAL
Nesta primeira fase, o oxigênio contido no ar não está significativamente reduzido e o fogo está produzindo vapor d'água (H2O), dióxido de carbono (CO2), monóxido de carbono (CO) e outros gases. Grande parte do calor está sendo consumido no aquecimento dos combustíveis, e a temperatura do ambiente, neste estágio, está ainda pouco acima do normal. O calor está sendo gerado e evoluirá com o aumento do fogo.


b) QUEIMA LIVRE

sábado, 9 de junho de 2012

MINISTÉRIO DA SAÚDE: QUASE METADE DOS BRASILEIROS ESTÁ ACIMA DO PESO

Pesquisa divulgada nesta terça-feira pelo Ministério da Saúde mostra que 48,5% da população brasileira está acima do peso ideal. Segundo o estudo, o percentual de gordos em 2006 era de 42,7%. No mesmo período, a proporção de obesos subiu de 11,4% para 15,8%.

O levantamento revela ainda que o sobrepeso é maior entre a população masculina. Mais da metade dos homens (52,6%) está acima do peso ideal, enquanto 44,7% das mulheres apresentam sobrepeso. 

Ainda segundo a pesquisa, o excesso de peso entre homens começa cedo: entre os que têm entre 18 e 24 anos, 29,4% já estão acima do peso. Na faixa etária entre 25 e 34 anos, 55% da população masculina apresenta excesso de peso. A porcentagem sobre para 63% na faixa etária entre 34 e 25 anos.

Já entre mulheres jovens (até 24 anos), 25,4% apresentam sobrepeso. A proporção aumenta para 39,9% entre 25 e 34 anos, e mais que dobra entre brasileiras de 45 a 54 anos (55,9).

APRENDA A CUIDAR MELHOR DOS SEUS IDOSOS

Centro de Referência do Idoso, na zona norte da capital, tem curso gratuito
Quem tem sob sua responsabilidade um idoso que requer cuidados terá a oportunidade a aprender a desenvolver essa tarefa com mais qualidade em curso a ser realizado pelo Centro de Referência do Idoso de Santana (CRI-Norte).

Nos sete encontros do curso, equipe multiprofissional abordará tópicos como: o cuidar com qualidade, prevenção de quedas, doenças mais comuns na velhice, aspectos sociais do envelhecimento, alimentação saudável para idosos dependentes, orientações sobre higiene e administração de medicamentos, estratégias para estimular a memória, como lidar com alterações de comportamento e com dificuldades de comunicação e engasgo, cuidados com o paciente de demência e situações de riscos de vida para idosos.

IAMSPE COMEMORA DIA NACIONAL DE PREVENÇÃO A DOENÇAS ALÉRGICAS E DIA MUNDIAL DE COMBATE À ASMA

Campanha promove palestras e atividades educativas
O Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe) promove dia 4 de maio uma série de atividades para comemorar o Dia Nacional de Prevenção das Doenças Alérgicas e o Dia Mundial de Combate à Asma.
A programação do evento, organizado pelo Serviço de Alergia e Imunologia do Hospital do Servidor Público Estadual de São Paulo (HSPE), inclui palestras sobre prevenção de doenças alérgicas, esclarecimentos sobre rinite e vacinas contra alergias.
O evento também oferece atividades educativas e recreativas - como escultura de balões, pintura e maquiagem - para crianças. Um plantão médico esclarece dúvidas dos interessados.
Sob a coordenação dos médicos João Ferreira de Mello e Wilson Tartuce Aun, as atividades são realizadas no saguão do 4º andar do ambulatório do HSPE, em São Paulo, parceria com a Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia (Asbai) – Regional de São Paulo.

CAMPANHA PARA INCENTIVAR LAVAGEM DAS MÃOS CONTINUA

Funcionários e pacientes do Emílio Ribas estão envolvidos na ação especial
Você sabe lavar as mãos corretamente? Ou melhor, você tem consciência da importância desse ato de higiene para evitar doenças e contaminações? O Instituto de Infectologia Emílio Ribas, em São Paulo, pegou carona no Dia Mundial de Lavagem de Mãos, celebrado em 5 de maio, e desenvolveu ações educativas visando a conscientização para esse hábito tão simples e corriqueiro.  
Desde o dia 25 de abril, o hospital está com uma programação especial que se estende até sábado, 5 de maio. As ações educativas são voltadas aos profissionais de saúde e pacientes e focam a forma correta e segura de higienizar as mãos e evitar o contágio de doenças. Por meio de folhetos, o público alvo é orientado a aplicar o sabonete com as mãos molhadas, ensaboar as palmas esfregando uma contra a outra e não esquecer de lavar o dorso. 

EMÍLIO RIBAS ALERTA PARA O RISCO DE DOENÇAS RESPIRATÓRIAS DURANTE O OUTONO

Gripes, resfriados e alergias são comuns nesta época do ano

O Instituto de Infectologia Emílio Ribas, unidade da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo referência no tratamento de doenças infectocontagiosas, na capital paulista, faz um alerta para o risco de gripes, alergias e resfriados durante o outono.

O aumento da poluição, a estiagem e as diversas alterações de temperatura durante o dia e aglomerações em lugares fechados colaboram para que o organismo seja vítima de vírus, inflamações e alergias comuns nesta época. O importante é estar atento aos sintomas e procurar ajuda profissional para tratar a patologia da maneira correta.

Segundo o infectologista Ralcyon Teixeira, do Emílio Ribas, apesar de apresentar sintomas semelhantes, o resfriado e a gripe são provocados por vírus distintos e devem receber atenções diferentes.

CRESCEM OS CASOS DE HEPATITE C EM IDOSOS ACIMA DE 60 ANOS, DIZ SAÚDE

Doença pode ficar encubada por décadas até surgirem os sintomas. Diagnóstico pode ser feito no SUS com um exame de sangue.
 O Ministério da Saúde alerta para o aumento do diagnóstico de hepatite C entre os idosos. No estado de São Paulo, esse é o tipo mais comum da doença, que pode demorar décadas para se manifestar.
 De acordo com um levantamento feito pelo ministério, em 1999, foram registrados 7 casos de hepatite C para cada 100 mil habitantes em pessoas acima de 60 anos. Já em 2010, foram 1.644 casos.
 Na maioria dos casos, a pessoa  contaminada pelo vírus só descobre quando a doença já estava em um estágio mais avançado, o que dificulta o tratamento. “As pessoas contraíram a doença há 20, 30 anos quando não havia todo esse cuidado com relação à higiene, em salões de beleza, uso de seringas, e agora a doença aparece.
 Normalmente ela complica com cirrose hepática ou como câncer de fígado”, disse o médico da Universidade Estadual Paulista (Unesp) Rodolpho Telarolli.

DIETAS DA MODA NÃO FUNCIONAM PARA PERDER PESO

Estudo feito com mais de 4.000 pessoas provou que a melhor forma de emagrecer ainda é a combinação entre exercícios e boa alimentação
 Emagrecimento: dietas populares e abuso de produtos 'diet' não adiantam, aponta estudo feito com mais de 4.000 obesos (Thinkstock)
 Praticar atividade física, comer pouca gordura e participar de programas de emagrecimento são as melhores maneiras de se perder peso. Dietas da moda, por outro lado, de nada adiantam.
 Se restava alguma dúvida quanto a isso, uma pesquisa feita com mais de 4.000 pessoas e publicada nesta terça-feira no periódico American Journal of Preventive Medicine pôs um ponto final na questão. O trabalho foi desenvolvido por pesquisadores da Faculdade de Medicina de Harvard e do Centro Médico Beth Israel Deacones, hospital ligado à universidade, nos Estados Unidos.

terça-feira, 29 de maio de 2012

PARTE IV – PROPAGAÇÃO DO CALOR

BRIGADA DE INCÊNDIO E SOCORRISMO
“COM FOGO NÃO SE BRINCA”
MÓDULO I – PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIOS
PARTE IV – PROPAGAÇÃO DO CALOR
O calor se propaga por contato direto da chama sobre os materiais combustíveis, pelo deslocamento de partículas incandescentes que se desprendem de outros materiais em combustão ou pela ação do movimento de moléculas de um corpo. Neste último processo de propagação, a transmissão do calor pode ocorrer por:
a)      CONDUÇÃO: Quando o calor se propaga através de corpos sólidos, transmissores de calor, de molécula para molécula nas substâncias que estejam em contato direto ou próximas a uma fonte de calor, possibilitando novos focos de incêndio.

segunda-feira, 28 de maio de 2012

IDOSO COM INSUFICIÊNCIA CARDÍACA CONQUISTA DIREITO A INTERNAÇÃO

O Estado tem o prazo de 72 horas para proceder com a internação hospitalar de um idoso de 91 anos que sofre de problemas cardíacos

Um idoso que sofre de problemas cardíacos obteve uma liminar que determina ao Estado que, no prazo de 72 horas, proceda com a sua internação hospitalar em um hospital publico ou particular conveniado ao SUS, com ponto de oxigênio, tudo conforme laudo médico anexado aos autos processuais. A decisão é da juíza Valéria Maria Lacerda Rocha, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Natal.

O autor ajuizou Procedimento do Juizado Especial Cível contra Estado do Rio Grande do Norte, alegando que tem 91 anos de idade, e que sofre com insuficiência cardíaca congestiva (CID X 150.0), fato que o faz necessitar urgentemente de internação hospitalar por período indeterminado, que ofereça ponto de oxigênio.

GESTANTES DEVEM SER INFORMADAS QUE TEM DIREITO A ACOMPANHANTE NA HORA DO PARTO NO SUS

Em reunião com gestores de unidades de saúde do SUS, MPF alertou para a necessidade do cumprimento das leis sobre o tema

O Ministério Público Federal em São Carlos recomendou aos gestores das unidades de saúde conveniadas ao Sistema Único de Saúde (SUS) em Descalvado, Ibaté, Pirassununga, Porto Ferreira, Ribeirão Bonito, Santa Cruz das Palmeiras, Santa Rita do Passa Quatro, São Carlos e Tambaú que informem às gestantes sobre o direito de um acompanhante no momento do trabalho de parto. 

A recomendação foi expedida pelo procurador da República Marcos Angelo Grimone, responsável pelo caso, pessoalmente, em reunião realizada na tarde de anteontem com os gestores de nove estabelecimentos de saúde conveniados ao SUS que mantém setor de obstetrícia e/ou maternidade.

RÁDIO JUSTIÇA EXPLICA AS PRINCIPAIS DIFICULDADES ENFRENTADAS POR SEGURADOS DE PLANOS DE SAÚDE

JUSTIÇA NA TARDE ABORDA O CRESCIMENTO DO USO DE CHEQUE ESPECIAL PELOS BRASILEIROS
Os brasileiros fazem uso do cheque especial, em média, durante 22 dias no mês. Os juros cobrados na modalidade são de 185% ao ano, o que faz desse crédito um dos mais caros do mundo. Ainda assim, o volume emprestado cresceu 15% no primeiro trimestre deste ano no país. Saiba mais no Justiça na Tarde, nesta sexta-feira (25), a partir das 17 horas.
Defenda Seus Direitos explica as principais dificuldades enfrentadas por segurados de planos de saúde
Você já teve recusada a liberação do plano de saúde para tratamentos, exames ou internações?  No programa desta sexta-feira, saiba como proceder. Defenda Seus Direitos, nesta sexta-feira (25), a partir das 13 horas.

domingo, 27 de maio de 2012

PARTE III –TEORIA DO FOGO

BRIGADA DE INCÊNDIO E SOCORRISMO
“COM FOGO NÃO SE BRINCA”
MÓDULO I – PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIOS
PARTE III –TEORIA DO FOGO
Lavoiser, um cientista francês, afirmou e demonstrou que o fogo é o resultado de uma reação química entre o combustível, o oxigênio e o calor.
O que é reação química?
Em linguagem bem simples: quando duas substâncias diferentes são misturadas e dessa mistura surgem outras substâncias totalmente diferentes, aí temos a reação química.
FOGO
É uma reação química denominada combustão, onde ocorre a decomposição de uma substância sólida ou gasosa, em presença de um gás comburente (oxigênio), liberando energia em forma de Carlo e luz. Para que tenhamos fogo precisamos basicamente de três elementos: combustível, comburente (oxigênio) e calor.

PARTE II – CAUSAS DE INCÊNDIOS E GRANDES INCÊNDIOS

BRIGADA DE INCÊNDIO E SOCORRISMO
“COM FOGO NÃO SE BRINCA”
MÓDULO I – PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIOS
PARTE II – CAUSAS DE INCÊNDIOS E GRANDES INCÊNDIOS
Podemos afirmar que a maioria dos incêndios são causados pela falha humana ou mecânica, ou por ambas, predominando as falhas humanas.
Observemos nas causas seguintes, que são reais, as falhas humanas e que a maioria dos incêndios são evitáveis:
FALHAS HUMANAS

PARTE I – INTRODUÇÃO: COM FOGO NÃO SE BRINCA! POR QUE FORMAR E TREINAR BRIGADAS DE INCÊNDIOS?

BRIGADA DE INCÊNDIO E SOCORRISMO
“COM FOGO NÃO SE BRINCA”
MÓDULO I – PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIOS
Parte I – INTRODUÇÃO: COM FOGO NÃO SE BRINCA! POR QUE FORMAR E TREINAR BRIGADAS DE INCÊNDIOS?
Porque...
As Brigadas de Incêndios são constituídas por equipes de profissionais com funções específicas de prontidão (os chamados Bombeiros Profissionais Civis) ou ainda formadas voluntariamente por trabalhadores de diversas áreas das empresas (chamados Brigadistas).
A função principal desses grupos é de estarem em plenas condições de conhecimentos teórico e prático para o combate, extinguindo de imediato qualquer indício de incêndio.

BRIGADA DE INCÊNDIO E SOCORRISMO

Se a empresa ou o órgão onde você trabalha disponibilizar o curso de socorrista ou de brigada de incêndio, não titubeie: seja um voluntário.
Fiz o curso - que abrangeu dois módulos: o primeiro, relativo à prevenção e combate a incêndios; o segundo, referente às técnicas de pronto socorrismo – patrocinado pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo e fornecido pela Work Fire Brigadas de Incêndio. Destaco que as aulas são ministradas por bombeiros, profissionais que vivenciam, profissionalmente, situações de risco.
Nada substitui a prática. Portanto, ainda que disponibilize as técnicas aprendidas, recomendo que seja, efetivamente, um socorrista. Pode ser que jamais utilize os conhecimentos adquiridos. Por outro lado, as informações podem ser vitais, em casos de emergência.
Mais adiante, assim que tornado acessível, farei o curso avançado. Por ora, deixo o programa, constante dos dois módulos:
MÓDULO I – PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIOS
- introdução;

sexta-feira, 25 de maio de 2012

SERVIÇO DE SAÚDE DE BARRETOS DESOBRIGADO A TRATAR INFERTILIDADE

        Decisão da 7ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de São Paulo negou provimento a recurso de S.A.J.S., que pretendia obter medicamentos para o tratamento de infertilidade feminina do sistema público de saúde em Barretos.
        A ação foi ajuizada contra ato do diretor técnico do Departamento Regional de Saúde do município e julgada improcedente pelo Juízo da 1ª Vara Cível de Barretos. Segundo a sentença, o diretor não causou prejuízo à saúde da paciente ao deixar de fornecer os remédios pleiteados.
        Contrariada com o resultado, a impetrante apelou, reiterando as alegações apresentadas anteriormente. O desembargador Luiz Sérgio Fernandes de Souza, relator do processo, manteve a sentença. Em seu voto, “segundo consta do relatório do médico que assiste a autora, no último retorno da paciente, já fora ela ‘orientada sobre o mau prognóstico, pelo número de tentativas anteriores, pouca resposta e idade avançada’, tanto assim que o médico fez consignar, no mesmo documento, que esta seria a última tentativa para o tratamento em questão”.
        O desembargador continua: “ora, se um somatório de fatores fala em desfavor do êxito no tratamento, não se pode constituir o Estado na obrigação de arcar com o custo elevado dos medicamentos prescritos, de eficácia remota”.

SAS PROMOVE PALESTRA SOBRE VISÃO E GLAUCOMA

        A Secretaria da Área de Saúde do Tribunal de Justiça de São Paulo (SAS) promove, na próxima sexta-feira (25), a palestra Visão e Glaucoma, ministrada pelo médico doutor em oftalmologia e professor do Departamento de Oftalmologia da Universidade Federal de São Paulo, Paulo Augusto de Arruda Mello, no auditório do Gade 23 de Maio (Rua Conde de Sarzedas, nº 38).
        A palestra integra a Campanha Nacional de Prevenção do Glaucoma, promovida pela Associação Brasileira dos Portadores de Glaucoma (Abrag), em parceria com a Sociedade Brasileira de Glaucoma (SBG). A participação de dois servidores por unidade cartorária ou administrativa da capital será facultada, ficando a critério do superior hierárquico autorizar a inscrição de número adicional de funcionários. Não haverá necessidade de compensação de horas pelos servidores participantes.

quinta-feira, 24 de maio de 2012

PLANO DE SAÚDE DEVE INFORMAR A CADA CLIENTE O DESCREDENCIAMENTO DE MÉDICOS E HOSPITAIS

Operadoras de planos de saúde têm a obrigação de informar individualmente a seus segurados o descredenciamento de médicos e hospitais. O entendimento é da Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ao julgar recurso interposto pela família de um paciente cardíaco que, ao buscar atendimento de emergência, foi surpreendido pela informação de que o hospital não era mais conveniado.

Seguindo o voto da relatora, ministra Nancy Andrighi, a Turma restabeleceu a decisão de primeiro grau que condenou a Associação Auxiliadora das Classes Laboriosas a indenizar a esposa e a filha do paciente, que faleceu.

Na ação de indenização, a família narrou que levaram o parente a hospital no qual ele já havia sido atendido anteriormente. Entretanto, a associação havia descredenciado o hospital sem aviso prévio individualizado aos segurados. O doente e sua família foram obrigados a arcar com todas as despesas de internação, que superaram R$ 14 mil, e ele faleceu quatro dias depois.

PROCEDIMENTOS INCLUÍDOS NO PROCESSO DE ATUALIZAÇÃO DO ROL DE PROCEDIMENTOS E EVENTOS EM SAÚDE

NOME DO PROCEDIMENTO
1.         BLOQUEIO ANESTÉSICO DE PLEXOS NERVOSOS (LOMBOSSACRO, BRAQUIAL, CERVICAL) PARA TRATAMENTO DE DOR
2.         ANGIOTOMOGRAFIA CORONARIANA (COM DIRETRIZ DE UTILIZAÇÃO)
3.         ESOFAGORRAFIA TORÁCICA POR VIDEOTORACOSCOPIA
4.         REINTERVENÇÃO SOBRE A TRANSIÇÃO ESÔFAGO GÁSTRICA POR VIDEOLAPAROSCOPIA
5.         TRATAMENTO CIRÚRGICO DO MEGAESOFAGO POR VIDEOLAPAROSCOPIA
6.         GASTRECTOMIA COM OU SEM VAGOTOMIA/ COM OU SEM LINFADENECTOMIA POR VIDEOLAPAROSCOPIA
7.         VAGOTOMIA SUPERSELETIVA OU VAGOTOMIA GÁSTRICA PROXIMAL POR VIDEOLAPAROSCOPIA
8.         LINFADENECTOMIA PÉLVICA LAPAROSCÓPICA
9.         LINFADENECTOMIA RETROPERITONEAL LAPAROSCÓPICA
10.       MARSUPIALIZAÇÃO LAPAROSCÓPICA DE LINFOCELE
11.       CIRURGIA DE ABAIXAMENTO POR VIDEOLAPAROSCOPIA
12.       COLECTOMIA COM ÍLEO-RETO-ANASTOMOSE POR VIDEOLAPAROSCOPIA
13.       ENTERO-ANASTOMOSE POR VIDEOLAPAROSCOPIA
14.       PROCTOCOLECTOMIA POR VIDEOLAPAROSCOPIA
15.       RETOSSIGMOIDECTOMIA ABDOMINAL POR VIDEOLAPAROSCOPIA
16.       ABSCESSO HEPÁTICO - DRENAGEM CIRÚRGICA POR VIDEOLA
“Considero que este seja um grande passo da ANS na busca por um setor mais harmonioso e profissionalizado, no qual os contratos sirvam efetivamente como ferramenta de gestão dos negócios”, afirmou o diretor de Desenvolvimento Setorial da ANS, Bruno Sobral.
A Instrução Normativa 49 também veda qualquer tipo de reajuste condicionado à sinistralidade da operadora. A norma estabelece, ainda, um prazo de 180 dias para que os contratos vigentes que não estejam de acordo com essas regras possam ser adequados às novas cláusulas.

Fonte: ANS

ANS PUBLICA NOVA LISTAGEM DE COBERTURAS OBRIGATÓRIAS

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou em 02/08/2011, a Resolução Normativa 262 que atualiza o Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde, garantindo e tornando pública a cobertura assistencial mínima obrigatória. O rol constitui a referência básica para cobertura assistencial nos planos privados de assistência à saúde, contratados a partir de 1º de janeiro de 1999 e é revisado a cada dois anos.  Nesta atualização foi incluída a cobertura para cerca de 60 novos procedimentos, que entrou em vigor a partir do dia 01/01/2012.
O primeiro rol de procedimentos estabelecido pela ANS foi o definido pela Resolução de Conselho de Saúde Suplementar - Consu 10/98, atualizado em 2001 pela Resolução de Diretoria Colegiada – RDC 67/2001, e novamente revisto nos anos de 2004, 2008 e 2010 pelas Resoluções Normativas 82, 167 e 211, respectivamente.

ANS PUBLICA CONTEÚDO PARA LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou em seu portal em  14/05/2012, informações institucionais segundo a Lei de Acesso à Informação (Lei 12.527/2011). A norma determina que todos os órgãos públicos da administração direta dos Poderes Executivo, Judiciário e Legislativo devem oferecer, na internet, informações que facilitem o relacionamento com o cidadão, como: horário de funcionamento, resultados de auditorias, remuneração de servidores e perguntas mais frequentes, entre outros. A norma entra oficialmente em vigor nesta quarta-feira, 16/05/2012. 

A lei determina também que qualquer pessoa poderá pedir informações sobre um  órgão público. Para isso, deverá apenas cumprir dois requisitos: identificar-se e especificar a informação requerida. Outro destaque é o prazo para atendimento das solicitações que, quando não puder ser imediato, deverá acontecer em até 20 dias, prorrogáveis por mais dez dias, com ciência ao requerente. Caso a solicitação seja negada, caberá recurso. 

ANS DEFINE CRITÉRIOS DE REAJUSTES DOS CONTRATOS ENTRE OPERADORAS E PRESTADORES

Os critérios de reajuste dos contratos entre as operadoras de planos de saúde e os prestadores de serviços médico-hospitalares e laboratoriais foram definidos nesta sexta-feira (18/05) pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), por meio da Instrução Normativa nº 49.  O objetivo dessa regulamentação é dar mais clareza aos contratos e detalhar como serão feitos os reajustes para evitar discussões entre as partes por falta de regras claras.
Em seu artigo 4º, a Instrução Normativa 49 estabelece quatro critérios para que as partes possam escolher um deles, que deverá constar do contrato, servindo de parâmetro para o reajuste. De acordo com a norma, os contratos poderão ter um índice vigente e de conhecimento público; um percentual prefixado; variação pecuniária positiva (valor nominal em moeda corrente) ou alguma fórmula de cálculo acordada entre contratante e contratado.

NOTÍCIAS COMENTADAS. RESOLUÇÃO Nº 285 ANS

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) editou em dezembro de 2011 a Resolução Normativa nº 285, que obriga as operadoras de planos de saúde a disponibilizar em suas páginas na Internet as informações sobre suas redes de credenciados (hospitais, clínicas, laboratórios e profissionais de saúde) ao público em geral. Essa decisão, que passa a vigorar a partir do mês de junho, visa ampliar e facilitar o acesso dos conveniados às informações sobre seus planos.
A ANS estuda ainda outras ações para que os conveniados aos planos de saúde sejam informados de forma pró-ativa pelas operadoras sobre mudanças em suas redes de credenciados.

Essas medidas têm como objetivo evitar transtornos, como ocorreu com Octávio Favero, beneficiário da Associação Auxiliadora das Classes Laboriosas, que ao procurar o Hospital Nove de Julho, em São Paulo, onde tinha sido atendido anteriormente, descobriu que a instituição não era mais credenciada pela operadora. Com problemas cardíacos, Favero e sua família tiveram que arcar com os custos da internação.

DECRETO No 3.327, DE 5 DE JANEIRO DE 2000

DECRETO No 3.327, DE 5 DE JANEIRO DE 2000. Aprova o Regulamento da Agência Nacional de Saúde Suplementar - ANS, e dá outras providências
        O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, incisos IV e VI, da Constituição, e tendo em vista o disposto na Medida Provisória no 2.012-2, de 30 de dezembro de 1999,
        DECRETA:
        Art. 1o  Ficam aprovados, na forma dos Anexos I e II a este Decreto, o Regulamento da Agência Nacional de Saúde Suplementar - ANS e o correspondente Quadro Demonstrativo dos Cargos de Natureza Especial, em Comissão e Comissionados.
        Art. 2o  Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.
        Brasília, 5 de janeiro de 2000; 179o da Independência e 112o da República.
FERNANDO HENRIQUE CARDOSO
José Serra
Martus Tavares
 ANEXO I
REGULAMENTO DA AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR
CAPÍTULO I
DA NATUREZA E FINALIDADE
Art. 1o  A Agência Nacional de Saúde Suplementar - ANS, é uma autarquia sob regime especial, criada pelo art. 1o da Medida Provisória no 2.012-2, de 30 de dezembro de 1999, com personalidade jurídica de direito público, vinculada ao Ministério da Saúde.

RESOLUÇÃO NORMATIVA ANS – RN Nº 242, DE 7 DE DEZEMBRO DE 2010

Dispõe sobre a participação da sociedade civil e dos agentes regulados no processo de edição de normas e tomada de decisão da Agência Nacional de Saúde Suplementar – ANS mediante a realização de consultas e audiências públicas, e câmaras técnicas.

A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Saúde Suplementar - ANS, em vista do que dispõem o inciso VIII do artigo 4º e inciso II do artigo 10, ambos da Lei nº 9.961, de 28 de janeiro de 2000, os artigos 32, 33 e 35 do Decreto nº 3.327, de 5 de janeiro de 2000, e a alínea “a” do inciso II do artigo 86 da Resolução Normativa- RN nº 197, de 16 de julho de 2009, em reunião realizada em 1 de dezembro de 2010, adotou a seguinte Resolução Normativa e eu, Diretor-Presidente, determino a sua publicação.

CAPÍTULO I

DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

Art. 1º A presente Resolução Normativa dispõe sobre a participação da sociedade civil e dos agentes regulados no processo de edição de normas e tomada de decisão da Agência Nacional de Saúde Suplementar – ANS mediante a realização de consultas e audiências públicas, e câmaras técnicas.
Art. 2º São objetivos das consultas e audiências públicas e câmaras técnicas no âmbito do sistema de saúde suplementar:

IAMSPE COMEMORA DIA NACIONAL DE PREVENÇÃO A DOENÇAS ALÉRGICAS E DIA MUNDIAL DE COMBATE À ASMA

Campanha promove palestras e atividades educativas
O Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe) promove dia 4 de maio uma série de atividades para comemorar o Dia Nacional de Prevenção das Doenças Alérgicas e o Dia Mundial de Combate à Asma.
A programação do evento, organizado pelo Serviço de Alergia e Imunologia do Hospital do Servidor Público Estadual de São Paulo (HSPE), inclui palestras sobre prevenção de doenças alérgicas, esclarecimentos sobre rinite e vacinas contra alergias.
O evento também oferece atividades educativas e recreativas - como escultura de balões, pintura e maquiagem - para crianças. Um plantão médico esclarece dúvidas dos interessados.
Sob a coordenação dos médicos João Ferreira de Mello e Wilson Tartuce Aun, as atividades são realizadas no saguão do 4º andar do ambulatório do HSPE, em São Paulo, parceria com a Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia (Asbai) – Regional de São Paulo.
No sábado (5 de maio), a campanha será realizada das 13h às 17h no Metrô Santa Cruz, com distribuição de folhetos e materiais informativos sobre doenças alérgicas. Especialistas estarão no local para tirar dúvidas do público.

CAMPANHA PARA INCENTIVAR LAVAGEM DAS MÃOS CONTINUA

Funcionários e pacientes do Emílio Ribas estão envolvidos na ação especial
Você sabe lavar as mãos corretamente? Ou melhor, você tem consciência da importância desse ato de higiene para evitar doenças e contaminações? O Instituto de Infectologia Emílio Ribas, em São Paulo, pegou carona no Dia Mundial de Lavagem de Mãos, celebrado em 5 de maio, e desenvolveu ações educativas visando a conscientização para esse hábito tão simples e corriqueiro.  
Desde o dia 25 de abril, o hospital está com uma programação especial que se estende até sábado, 5 de maio. As ações educativas são voltadas aos profissionais de saúde e pacientes e focam a forma correta e segura de higienizar as mãos e evitar o contágio de doenças. Por meio de folhetos, o público alvo é orientado a aplicar o sabonete com as mãos molhadas, ensaboar as palmas esfregando uma contra a outra e não esquecer de lavar o dorso. 

EMÍLIO RIBAS ALERTA PARA O RISCO DE DOENÇAS RESPIRATÓRIAS DURANTE O OUTONO

Gripes, resfriados e alergias são comuns nesta época do ano

O Instituto de Infectologia Emílio Ribas, unidade da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo referência no tratamento de doenças infectocontagiosas, na capital paulista, faz um alerta para o risco de gripes, alergias e resfriados durante o outono.

O aumento da poluição, a estiagem e as diversas alterações de temperatura durante o dia e aglomerações em lugares fechados colaboram para que o organismo seja vítima de vírus, inflamações e alergias comuns nesta época. O importante é estar atento aos sintomas e procurar ajuda profissional para tratar a patologia da maneira correta.

SAÚDE QUER VACINAR 5,3 MILHÕES DE PAULISTAS CONTRA 3 TIPOS DE GRIPE

Campanha, a partir de 5 de maio, vale para idosos, crianças de 6 meses a 2 anos, gestantes, indígenas e profissionais de saúde

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo pretende imunizar contra a gripe 5,3 milhões de paulistas a partir de 5 de maio, um sábado. O número corresponde à meta de 80% dos 6,6 milhões de idosos com 60 anos ou mais, gestantes, crianças a partir de seis meses e menores de dois anos, indígenas e profissionais de saúde do Estado.

Para garantir abrangência da imunização, a campanha, que acontecerá até 25 de maio em todo o Estado, contará com mais de 7 mil postos de vacinação, entre fixos e volantes, além de 3,5 mil veículos, 32 ônibus e cinco barcos. Ao todo serão 41,6 mil profissionais da área da saúde, estaduais e municipais, envolvidos na ação.

CRESCEM OS CASOS DE HEPATITE C EM IDOSOS ACIMA DE 60 ANOS, DIZ SAÚDE

Doença pode ficar encubada por décadas até surgirem os sintomas. Diagnóstico pode ser feito no SUS com um exame de sangue.

O Ministério da Saúde alerta para o aumento do diagnóstico de hepatite C entre os idosos. No estado de São Paulo, esse é o tipo mais comum da doença, que pode demorar décadas para se manifestar.

De acordo com um levantamento feito pelo ministério, em 1999, foram registrados 7 casos de hepatite C para cada 100 mil habitantes em pessoas acima de 60 anos. Já em 2010, foram 1.644 casos.

Na maioria dos casos, a pessoa  contaminada pelo vírus só descobre quando a doença já estava em um estágio mais avançado, o que dificulta o tratamento. “As pessoas contraíram a doença há 20, 30 anos quando não havia todo esse cuidado com relação à higiene, em salões de beleza, uso de seringas, e agora a doença aparece.

DIETAS DA MODA NÃO FUNCIONAM PARA PERDER PESO

Estudo feito com mais de 4.000 pessoas provou que a melhor forma de emagrecer ainda é a combinação entre exercícios e boa alimentação

Emagrecimento: dietas populares e abuso de produtos 'diet' não adiantam, aponta estudo feito com mais de 4.000 obesos (Thinkstock)

Praticar atividade física, comer pouca gordura e participar de programas de emagrecimento são as melhores maneiras de se perder peso. Dietas da moda, por outro lado, de nada adiantam.

Se restava alguma dúvida quanto a isso, uma pesquisa feita com mais de 4.000 pessoas e publicada nesta terça-feira no periódico American Journal of Preventive Medicine pôs um ponto final na questão. O trabalho foi desenvolvido por pesquisadores da Faculdade de Medicina de Harvard e do Centro Médico Beth Israel Deacones, hospital ligado à universidade, nos Estados Unidos.

ITANHAÉM, MEU PARAÍSO

ITANHAÉM, MEU PARAÍSO
Caiçara por opção, itanhaense de coração. O que você precisa para ser feliz?

Quem sou eu

Minha foto

Da capital, já morei entre verde e bichos, na lida com animais e plantas: anos de injeção, espinho de ouriço, berne, parto de égua e curva de nível, viveiros, mudas, onde encontrei tempo para lecionar inglês, alfabetizar adultos e ler livros, na solidão do mato. 

Paixões se sucederam e convivem até hoje: Contabilidade, Economia, Arquitetura (IMES, MACK), a chácara e, afinal, o Direito (FDSBC, cursos e pós graduações). No Judiciário desde 2005, planto, replanto, reciclo, quebro paredes, reconstruo, estudo, escrevo e poetizo, ao som de passarinhos, que cantam nossa liberdade.

Não sou da cidade, tampouco do campo. Aprendiz, tento captar o que a vida oferece, para que o amanhã seja melhor. Um mundo melhor, sempre.

Agora em uma cidade mágica, em uma casa mágica, na qual as coisas se transformam e ganham vida; mais e mais vida. Minha cidade-praia-paraíso, Itanhaém.

Nesta casa de espaços amplos e um belo quintal, que jamais é a mesma do dia anterior, do minuto anterior (pois a natureza cuida do renovar a cada instante o viço, as cores, flores, aromas e sabores) retomei o gosto pelo verde, por releituras de espaços e coisas. Nela planto o que seja bom de comer ou de ver (ou deixo plantado o que Deus me trouxe), colho, podo, cozinho os frutos da terra, preparo conservas e invento pratos de combinações inusitadas, planejo, crio, invento, pinto e bordo... sonho. As ideias brotam como os rebentos e a vida mostra-se viva, pulsante.

Aqui, em paz, retomo o fazer miniaturas, componho terrários que encantam, mensagens de carinho representadas em pequenas e delicadas obras. 

Muito prazer! Fique à vontade, passeie um pouco: questões de Direito, português, crônicas ("causos"), jardinagem e artesanato. Uma receita, uma experiência nova, um redescobrir. 

Pergunte, comente, critique, ok? A casa é sua e seu comentário será sempre bem-vindo.

Maria da Gloria Perez Delgado Sanches

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

Arquivo do blog