VEM PRO GOOGLE

VOCÊ ENCONTROU O QUE QUERIA? PESQUISE. Nas guias está a matéria que interessa a você.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.
GUIAS (OU ABAS): 'este blog', 'blogs interessantes', 'só direito', 'anotações', 'anotando e pesquisando', 'mais blogs'.

segunda-feira, 25 de junho de 2012

PARTE VIII - PREVENÇÃO DE INCÊNDIOS

BRIGADA DE INCÊNDIO E SOCORRISMO
“COM FOGO NÃO SE BRINCA”
MÓDULO I – PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIOS
PARTE VIII - PREVENÇÃO DE INCÊNDIOS

Existe um conhecido jargão que diz: "O incêndio só acontece onde a prevenção falha". Todo cidadão deve se preocupar com medidas que possam prevenir incêndios e/ou facilitar seu combate, na empresa onde trabalha e também em sua residência. Dentre essas medidas pode-se citar as condições de segurança dos estoques, os cuidados no armazenamento dos materiais combustíveis e inflamáveis, a manutenção periódica das redes e equipamentos elétricos, manutenção constante dos extintores portáteis, sobre rodas e dos sistemas fixos de combate a incêndios.

MEDIDAS DE PREVENÇÃO:

INFLAMÁVEIS - Muitos incêndios têm sido provocados pelo uso indevido de líquidos inflamáveis. Tais líquidos se evaporam rapidamente quando os recipientes em que são guardados ficam abertos por algum tempo. Tenha muito cuidado com eles. Armazene-os, se necessário, em pequenas quantidades, em recipientes fechados, se possível em armários de aço e longe do alcance das crianças.


ELETRICIDADE - Evite ligar dois ou mais aparelhos elétricos numa só tomada. Isto sobrecarrega o sistema elétrico, provocando superaquecimento. Quando um fusível queima seguidamente é porque há problemas com a instalação elétrica. Jamais reforce os fusíveis tentando evitar que queimem. O uso de um fusível de amperagem maior do que a do circuito anulará sua função de segurança. Ao final do expediente, desligue da tomada todas as máquinas e aparelhos elétricos, se possível. 

CIGARROS - Um simples cigarro pode provocar grandes tragédias. Procure fumar em local destinado a fumantes e ao terminar, apague completamente o que restou do cigarro. Não o deixe queimando no cinzeiro. Ao despejar as cinzas e pontas de cigarro na lixeira verifique se não há nenhum resquício de fogo.

HIDRANTES, EXTINTORES E SAÍDAS DE EMERGÊNCIA - Mantenha sempre livre o acesso a esses equipamentos e às saídas de emergência.

GÁS - VAZAMENTO SEM FOGO - É o mais perigoso. Não ligar e nem desligar as luzes elétricas ou acender fósforos ou isqueiros. Caso perceba vazamento, adentre ao local sem calçados. Ventile o local, abrindo portas e janelas. Transporte o botijão de gás para local aberto e ventilado, longe de riscos.

GÁS - VAZAMENTO COM FOGO - Proteger os materiais combustíveis em volta do botijão. Se possível, fechar a torneira existente no regulador de gás. Caso não consiga, transporte o botijão para local aberto. Caso ainda não consiga fazer a extinção do fogo, acione o Corpo de Bombeiros (pelo telefone 193, em São Paulo).

Postar um comentário

ITANHAÉM, MEU PARAÍSO

ITANHAÉM, MEU PARAÍSO
Caiçara por opção, itanhaense de coração. O que você precisa para ser feliz?

Quem sou eu

Minha foto

Da capital, já morei entre verde e bichos, na lida com animais e plantas: anos de injeção, espinho de ouriço, berne, parto de égua e curva de nível, viveiros, mudas, onde encontrei tempo para lecionar inglês, alfabetizar adultos e ler livros, na solidão do mato. 

Paixões se sucederam e convivem até hoje: Contabilidade, Economia, Arquitetura (IMES, MACK), a chácara e, afinal, o Direito (FDSBC, cursos e pós graduações). No Judiciário desde 2005, planto, replanto, reciclo, quebro paredes, reconstruo, estudo, escrevo e poetizo, ao som de passarinhos, que cantam nossa liberdade.

Não sou da cidade, tampouco do campo. Aprendiz, tento captar o que a vida oferece, para que o amanhã seja melhor. Um mundo melhor, sempre.

Agora em uma cidade mágica, em uma casa mágica, na qual as coisas se transformam e ganham vida; mais e mais vida. Minha cidade-praia-paraíso, Itanhaém.

Nesta casa de espaços amplos e um belo quintal, que jamais é a mesma do dia anterior, do minuto anterior (pois a natureza cuida do renovar a cada instante o viço, as cores, flores, aromas e sabores) retomei o gosto pelo verde, por releituras de espaços e coisas. Nela planto o que seja bom de comer ou de ver (ou deixo plantado o que Deus me trouxe), colho, podo, cozinho os frutos da terra, preparo conservas e invento pratos de combinações inusitadas, planejo, crio, invento, pinto e bordo... sonho. As ideias brotam como os rebentos e a vida mostra-se viva, pulsante.

Aqui, em paz, retomo o fazer miniaturas, componho terrários que encantam, mensagens de carinho representadas em pequenas e delicadas obras. 

Muito prazer! Fique à vontade, passeie um pouco: questões de Direito, português, crônicas ("causos"), jardinagem e artesanato. Uma receita, uma experiência nova, um redescobrir. 

Pergunte, comente, critique, ok? A casa é sua e seu comentário será sempre bem-vindo.

Maria da Gloria Perez Delgado Sanches

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

Arquivo do blog