VEM PRO GOOGLE

VOCÊ ENCONTROU O QUE QUERIA? PESQUISE. Nas guias está a matéria que interessa a você.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.
GUIAS (OU ABAS): 'este blog', 'blogs interessantes', 'só direito', 'anotações', 'anotando e pesquisando', 'mais blogs'.

quinta-feira, 24 de maio de 2012

APRENDA A EVITAR DOENÇAS RESPIRATÓRIAS CAUSADAS PELO FRIO

Fazer inalações, ventilar locais e beber bastante água são dicas dadas por pediatra

Crianças e idosos são os mais suscetíveis a contrair doenças respiratórias

Rápidas quedas de temperatura, como as que aconteceram nos Estados de São Paulo, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro nos últimos dias, trazem inevitavelmente um aumento no número de pessoas com gripes e resfriados. Logo que os termômetros começam a cair, surgem aqueles conhecidos sintomas como tosse, espirros, coriza, febre e dor de garganta. Há uma forma de evitar ser pego por essas doenças?

O pediatra Fernando Dominguez Gonzalez, do Hospital Infantil Cândido Fontoura, sugere que, em períodos mais frios e secos, as pessoas fiquem em lugares com maior ventilação, além de cuidar bem da alimentação, ingerindo muitas frutas, verduras e legumes. O consumo de líquidos também é uma medida que o médico aponta como indispensável.

— É essencial que a pessoa beba bastante água. Aquela que não bebe pode ter certeza que terá mais chances de pegar um resfriado ou uma gripe. Não só água, como também sucos de frutas: laranja, acerola, maracujá, pois contêm bastante vitamina C.

Para o pediatra, colocar uma bacia com água no quarto é uma boa dica. Esse procedimento evita irritações nasais e previne problemas respiratórios. Da mesma forma, é importante fazer inalações e usar o umidificador para que não haja acúmulo de bactérias em casa ou no trabalho.

Para aqueles que já têm problemas respiratórios, como asma ou bronquite, recomenda-se a continuação do uso dos medicamentos. Além da prevenção em casa, é necessário que haja um acompanhamento médico.

O pediatra desaconselha, no entanto, o uso de aquecedor, para evitar que o corpo fique exposto a temperaturas muito diferentes – do ambiente externo e de dentro da casa, por exemplo.

Doenças respiratórias

Crianças e idosos são os mais suscetíveis a contrair essas doenças e mais sensíveis a reações alérgicas. Gonzalez explica que, nas crianças, a imunidade ainda está incompleta, enquanto que, nos idosos, já está em queda.

A rinite é a mais comum das doenças respiratórios desta época.

— Rinite é uma inflamação das mucosas do nariz. As causas são variadas: pode ser uma alergia, uso de produtos químicos irritantes, medicamentos e até resfriados. Mas é muito comum o surgimento da inflamação por causa do frio e do uso de roupas de lã e cobertores com acúmulo de poeiras.

Um levantamento feito pela Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo no Hospital Municipal Menino Jesus, na região central da capital paulista, mostra que o número de casos de doenças respiratórias aumenta de 30% a 40% nesta época.

Com este frio, as pessoas preferem ficar em lugares fechados e quentes. Isso é prejudicial à saúde, porque sem ventilação, as chances de pegar alguma doença viral ou bacteriana são maiores, de acordo com Gonzalez.

— A meningite é uma inflamação nas meninges. Tanto vírus quanto bactérias podem atacar as membranas que envolvem o encéfalo e a medula espinhal. Os sintomas mais comuns são dores de cabeça, náuseas, vômitos e, principalmente, rigidez no pescoço. Muitas vezes, a pessoa não consegue nem mexer a cabeça de tanta dor que ela sente.

Segundo o pediatra, se a meningite bacteriana não for tratada com algum especialista, poderá deixar sequelas graves e levar a pessoa à morte. Por isso, a prevenção é fundamental. E, em caso de os sintomas de resfriados e gripes não passarem, é fundamental procurar o médico.

*colaborou Camila Savioli, estagiária do R7

Matéria disponibilizada no site: http://noticias.r7.com/saude/noticias/aprenda-a-evitar-doencas-respiratorias-causadas-pelo-frio-20120503.html
Postar um comentário

ITANHAÉM, MEU PARAÍSO

ITANHAÉM, MEU PARAÍSO
Caiçara por opção, itanhaense de coração. O que você precisa para ser feliz?

Quem sou eu

Minha foto

Da capital, já morei entre verde e bichos, na lida com animais e plantas: anos de injeção, espinho de ouriço, berne, parto de égua e curva de nível, viveiros, mudas, onde encontrei tempo para lecionar inglês, alfabetizar adultos e ler livros, na solidão do mato. 

Paixões se sucederam e convivem até hoje: Contabilidade, Economia, Arquitetura (IMES, MACK), a chácara e, afinal, o Direito (FDSBC, cursos e pós graduações). No Judiciário desde 2005, planto, replanto, reciclo, quebro paredes, reconstruo, estudo, escrevo e poetizo, ao som de passarinhos, que cantam nossa liberdade.

Não sou da cidade, tampouco do campo. Aprendiz, tento captar o que a vida oferece, para que o amanhã seja melhor. Um mundo melhor, sempre.

Agora em uma cidade mágica, em uma casa mágica, na qual as coisas se transformam e ganham vida; mais e mais vida. Minha cidade-praia-paraíso, Itanhaém.

Nesta casa de espaços amplos e um belo quintal, que jamais é a mesma do dia anterior, do minuto anterior (pois a natureza cuida do renovar a cada instante o viço, as cores, flores, aromas e sabores) retomei o gosto pelo verde, por releituras de espaços e coisas. Nela planto o que seja bom de comer ou de ver (ou deixo plantado o que Deus me trouxe), colho, podo, cozinho os frutos da terra, preparo conservas e invento pratos de combinações inusitadas, planejo, crio, invento, pinto e bordo... sonho. As ideias brotam como os rebentos e a vida mostra-se viva, pulsante.

Aqui, em paz, retomo o fazer miniaturas, componho terrários que encantam, mensagens de carinho representadas em pequenas e delicadas obras. 

Muito prazer! Fique à vontade, passeie um pouco: questões de Direito, português, crônicas ("causos"), jardinagem e artesanato. Uma receita, uma experiência nova, um redescobrir. 

Pergunte, comente, critique, ok? A casa é sua e seu comentário será sempre bem-vindo.

Maria da Gloria Perez Delgado Sanches

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

Arquivo do blog